Posts anteriores

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

TIM (TIMP3) divulga lucro líquido no 3º trimestre de R$ 279 milhões

A TIM voltou a enfrentar no terceiro trimestre a queda da base de clientes, mas mesmo assim viu seus lucros subirem entre julho e setembro. 

Resultado de imagem para tim
De acordo com balanço divulgado há pouco, a TIM registrou lucro líquido de R$ 279 milhões no terceiro trimestre, uma alta de 51,6% ante os R$ 184 milhões do terceiro trimestre do ano passado.

A TIM registrou no terceiro trimestre de 2017 o maior crescimento de EBITDA (lucro antes de impostos, amortizações e depreciações) já registrada desde que a companhia entrou no Brasil, em 1995. O aumento foi de 17,2% em relação ao terceiro trimestre de 2016, e somou R$ 1,52 bilhão, também o maior já registrado pela companhia.
Resultado de imagem para tim
O aumento do lucro aconteceu a despeito da redução da base de clientes, que passou de 63,247 milhões no terceiro trimestre do ano passado para 59,390 milhões em igual período deste ano, uma queda de 6,1%. Os clientes pré-pagos da companhia eram 49,005 milhões no terceiro trimestre do ano passado e caíram para 42,620 milhões em igual período de 2017, um recuo de 13%.

O destaque positivo foi o aumento dos cliente pós-pagos, que subiram 17,8% na mesma comparação, passando de 14,242 milhões para 16,771 milhões.

A TIM ressaltou que o segmento pós-pago já responde por 28% do total de usuários da empresa e frisou que a receita média por usuário (Arpu, na sigla em inglês) subiu pelo sétimo trimestre seguido. O Arpu subiu de R$ 18,4 no terceiro trimestre do ano passado para R$ 20,5 entre julho e setembro deste ano, um crescimento de 11,4%.
Resultado de imagem para tim
A companhia credita o sucesso a uma série de fatores, com aumento da cobertura móvel, especialmente com redes 4G, que alcançou 2.401 cidades, aumento do consumo de dados, redução de custos graças ao crescimento do autoatendimento digital, das vendas digitais, do faturamento eletrônico e do pagamento eletrônico, expansão do número de acessos de banda larga fixa, melhora da margem e do ARPU.

A TIM aumentou a receita média por usuário móvel em 11%, para R$ 20,5. Foi o aumento de clientes nos planos controle e pós-pagos que mais contribuiu para expansão da receita. A companhia viu um aumento de 64% nas linhas pós-pagas, e de 39% no consumo recorrente de pacotes pré-pagos. Atualmente, mais de 28% da base (17 milhões) são pós, 25% são “pré-pagos recorrentes”, e menos de 50% são pré-pagos “não recorrentes”.



Resultado de imagem para tim
A empresa lançou, no período, promoções de fidelização com subsídio na compra do smartphone quando houver contratação de serviços pós-pagos, renovou os planos controle, acrescentando chamadas ilimitadas, e criou um pré-pago cujo pacote de dados aumenta caso o cliente mantenha a periodicidade dos pagamentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários...