Posts anteriores

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

BTG Pactual (BPAC5) divulga lucro líquido de R$ 501 mi no 3º trimestre

O lucro líquido do BTG Pactual no terceiro trimestre deste ano somou R$ 501 milhões, queda de 30% ante o mesmo período do ano anterior. 

Resultado de imagem para btg pactual
Em relação ao trimestre imediatamente anterior o resultado ficou praticamente estável. No acumulado do ano até setembro os ganhos do banco foram de R$ 1,723 bilhão, recuo de 37%.

O lucro líquido contábil, porém, mostrou queda. De julho a setembro, o banco teve um lucro de R$ 501 milhões, queda de 30,13% em relação a igual período de 2016.

As receitas do BTG Pactual aumentaram 4,1% no terceiro trimestre ante igual intervalo de 2016, para R$ 1,645 bilhão. A expansão se deveu às áreas de sales & trading e do resultado das participações que o banco detém.
Resultado de imagem para btg pactual
Já o lucro líquido ajustado do BTG no terceiro trimestre deste ano somou R$ 759 milhões, alta de 6% na relação anual. Ante o segundo trimestre do ano o crescimento do ganho foi de 26%. O ajuste foi ocasionado, segundo o BTG, por conta de itens não recorrentes decorrentes do aumento de capital, por exemplo, e ágio. 

O BTG destaca, ainda, que as despesas operacionais atingiram R$ 705,2 milhões, alta de 42% ante o trimestre anterior devido “à maior provisão de bônus, em linha com maiores receitas, e a despesas tributárias, exceto o imposto de renda”.
Resultado de imagem para btg pactual

“Estamos satisfeitos com o resultado do trimestre, continuamos a apresentar crescimento em nossas franquias de clientes e obtivemos um ótimo resultado em Sales & Trading”, afirma Roberto Sallouti, CEO do BTG Pactual, em nota.

Apesar das receitas maiores e das despesas menores, em termos contábeis o lucro do BTG encolheu por causa do maior pagamento de impostos no terceiro trimestre de 2017. Esses gastos somaram R$ 439 milhões ante R$ 4 milhões em igual período do ano passado.

O banco explica que esse aumento se deveu à adesão ao Programa Especial de Regularização Tributária (Pert). O BTG discutia no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) uma autuação referente ao uso indevido de ágio supostamente gerado pela aquisição do Pactual pelo UBS em 2006, mas decidiu entrar no Pert para liquidar a disputa.
Resultado de imagem para btg pactual
O retorno sobre o patrimônio líquido anualizado do banco ficou em 16,5% ante 13,6% no terceiro trimestre de 2016 e 13,3% no segundo trimestre deste ano.

Os ativos do banco apresentaram uma retração de 5% em relação a junho, para R$ 113,7 bilhões.

“A recuperação do crescimento na América Latina, aliada à retomada por completo das nossas franquias de negócios e à qualidade dos nossos executivos, nos deixa muito confiantes com o crescimento do nosso negócio”, diz Marcelo Kalim, presidente do Conselho de Administração do BTG Pactual, em nota.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários...