Posts anteriores

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

ANÁLISE TÉCNICA - IBOVESPA

O principal índice da Bolsa de São Paulo está com sua pontuação no patamar de 73.437 pontos, tendo como referência de resistência mais próxima a demarcação de 74.242 pontos.

Após a oscilação envolvendo a demarcação de 74.242 pontos, antes considerada como suporte e agora como referência de resistência mais próxima, o IBOVESPA apresentou aumento de sua volatilidade direcional de queda abaixo das médias móveis atingindo e fechando abaixo da demarcação de suporte feita em 71.392 pontos. 


Diante dessas fortes quedas, até o dia 14/11/2017, a pontuação reagiu por dois dias seguidos superando a demarcação de 71.392, vencendo também sua média exponencial mais próxima junto à linha média do Canal de longo prazo, tracejada em amarelo, e agora está na região entre médias podendo atingir a demarcação de resistência de 74.242 pontos.


A configuração do gráfico diário é de tendência de baixa. As médias estão cruzadas e há formação de topos e fundos descendentes com candle de reversão demarcando a máxima histórica do dia 05/10/2017. Deve-se ressalvar que para os gráficos de maior período, como semanal e mensal, a configuração ainda é de alta, sendo resguardada essa tendência pelo Canal projetado por simetria em amarelo.


Para os próximos momentos devemos observar qual será o nível de resistência que as médias móveis exponenciais e as demarcações na área entre 74.242<75.516<76.790 podem oferecer na tentativa de manter a tendência de baixa vista no gráfico diário. No caso de nova ação baixista o suporte mais próximo está demarcado em 71.392 pontos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários...