Posts anteriores

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Lucro da Klabin (KLBN4) sobe para R$391 mi no 3º trimestre

A Klabin teve lucro líquido de 391 milhões de reais no terceiro trimestre, quase 13 vezes superior ao resultado positivo de 31 milhões de reais registrado em igual período do ano passado, informou produtora de papel e celulose para igual período do ano passado.

Resultado de imagem para klabin

A Klabin, maior fabricante brasileira de papéis para embalagens, teve lucro líquido de R$ 390,6 milhões no terceiro trimestre, comparável a R$ 31,45 milhões um ano antes, na esteira da forte melhora na linha financeira e do avanço do resultado operacional.

No trimestre, o efeito da valorização do real frente ao dólar na parcela da dívida denominada em moeda estrangeira deu contribuição positiva, sem efeito caixa, de R$ 495 milhões. Com isso, a companhia registrou receita financeira líquida de R$ 330,1 milhões no trimestre, frente a resultado financeiro líquido negativo em R$ 256,6 milhões um ano antes.

Resultado de imagem para klabin
A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado foi de 750 milhões de reais no período de julho a setembro, 28 por cento acima do valor obtido um ano antes.

"Com melhores preços internacionais de kraftliner (papel para embalagem) e celulose e com o bom momento no mercado de produtos convertidos no Brasil, as vendas cresceram no mercado doméstico e nas exportações", afirmou a companhia no balanço.

A Klabin elevou o volume de vendas em 7 por cento no terceiro trimestre, para 843 mil toneladas, ampliando o percentual comercializado Brasil em cinco pontos percentuais na comparação anual, para 49 por cento, em meio a um ambiente de relativa estabilidade do câmbio.
Resultado de imagem para klabin
Com a alta do Ebitda e redução do endividamento líquido de 3 por cento, o nível de alavancagem da Klabin caiu para 4,4 vezes no terceiro trimestre ante 5,1 vezes no mesmo período do ano passado e 4,9 vezes no segundo trimestre deste ano.

Ajudou no desempenho uma queda de 61 por cento nos investimentos, para 216 milhões de reais, informou a Klabin no balanço.

O custo caixa de produção de celulose, porém, teve crescimento na comparação trimestral, subindo de 663 reais por tonelada entre abril e junho para 681 reais nos três meses encerrados em setembro. A empresa afirmou que os custos foram impactados por eventos não recorrentes que atingiram principalmente o mês de agosto, mas que em setembro o custo caixa estava em patamar abaixo do verificado no segundo trimestre.

Resultado de imagem para klabin
A dívida líquida da Klabin estava em R$ 11,15 bilhões em setembro, com queda de 5% frente ao apurado no fim do segundo trimestre. A alavancagem financeira, medida pela relação entre dívida líquida e Ebitda, caiu 0,5 ponto percentual na mesma comparação, a 4,4 vezes.

Em termos totais, o custo caixa da Klabin no terceiro trimestre foi de 1.751 reais a tonelada, queda de 2 por cento sobre o mesmo período do ano passado.
Resultado de imagem para klabin
A produção de celulose da Klabin subiu 22 por cento no terceiro trimestre ante o mesmo período do ano passado, para 358 mil toneladas, e as vendas totais subiram 12 por cento, para 353 mil toneladas de celulose, na mesma comparação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários...