Posts anteriores

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Lucro líquido da Ultrapar (UGPA3) soma R$ 247 milhões no 2º trimestre

Ultrapar, dona da rede de postos Ipiranga e da Ultragaz, teve uma queda de 33% no seu lucro líquido do segundo trimestre do ano, para R$ 247 milhões. No semestre, o lucrou caiu 18%, para 618 milhões. 

Resultado de imagem para ultrapar
Afetada pelo desempenho mais fraco da Ipiranga e da Oxiteno, a Ultrapar reportou lucro líquido de R$ 247 milhões no segundo trimestre de 2017, com recuo de 33% ante o mesmo período de 2016. 

No seu balanço financeiro, a empresa informou que o resultado foi impactado por uma geração de caixa menor no período (medida pelo indicador Ebitda).
Resultado de imagem para ultrapar
A receita líquida da empresa somou R$ 19 bilhões no trimestre, uma queda de 1%. O resultado foi negativamente influenciado pelas vendas mais fracas da Ipiranga e Oxiteno, movimento que foi atenuado pela expansão da receita dos outros negócios - Ultragaz, Ultracargo e Extrafarma.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) da companhia, que controla as empresas Ipiranga, Ultragaz, Extrafarma, Oxiteno e Ultracargo, atingiu R$ 784 milhões entre abril e junho, o que representa recuo de 22% na comparação anual. A margem Ebitda atingiu 4,1%, ante 5,2% em igual intervalo de 2016.

A receita líquida trimestral alcançou R$ 19,173 bilhões, com declínio de 1% sobre o mesmo intervalo do ano anterior.
Resultado de imagem para ultrapar
A Ultrapar apresentou uma despesa financeira líquida de R$ 113 milhões, menor em R$ 110 milhões (recuo por volta de 50%) na comparação com igual intervalo de 2016, devido à queda do CDI na comparação anual, apesar da maior dívida líquida, e aos efeitos cambiais dos períodos.

O endividamento líquido da Ultrapar em 30 de junho de 2017 foi de R$ 6,2 bilhões, com relação entre dívida líquida e Ebitda de 1,59 vez, em comparação a R$ 5,5 bilhões em 30 de junho de 2016 (1,32 vez).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários...