Posts anteriores

quarta-feira, 13 de abril de 2016

ANÁLISE TÉCNICA - IBOVESPA

A bolsa de valores brasileira apresentou forte movimentação positiva com força suficiente para atingir e ultrapassar a extremidade superior do Quadrante atual (52.375 pontos), que foi projetado em meados de Janeiro/2016, apresentando aproximadamente 43,5% de valorização da pontuação no período de 4 meses.


Após se aproximar da região da extremidade superior do Quadrante em 52.375 pontos, o IBOVESPA apresentou movimentação corretiva e caminhou em direção de suas médias móveis mas sem formação de fundo descendente, ato contínuo nova movimentação de otimismo levou a pontuação do IBOV a atingir e superar a resistência projetada no Quadrante atual concluindo um ciclo projetado desde Janeiro/2016

De acordo com a projeção feita no início do ano, a região de Topo restou definida em 52.375 pontos ao tempo que o fundo estava calculado em 26.196 pontos. No dia 19/01/2016 a primeira análise publicada com a projeção do Quadrante foi seguida de momentos com baixa volatilidade com a aproximação da pontuação da região inferior do Canal de Negociação, sem ocorrência de toque na delimitação inferior do mesmo, com posterior início da reação positiva e da efetiva reversão da tendência.


Após atingir e superar a Extremidade Superior do Quadrante com volume crescente, devemos considerar que o cenário atual foi vencido com novas projeções para definição de resistências e suportes. A configuração do Gráfico diário é de tendência de alta. As médias estão descruzadas, há formação de topos e fundos ascendente porém ainda não há informações suficientes para afirmar que a movimentação positiva se prolongará por muito tempo.

Para os próximos momentos devemos observar se a movimentação otimista se estenderá em busca de novas máximas ou se ocorrerá um eventual pull-back na região de 52.375 para testar efetivamente a segurança do novo suporte outrora resistência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários...